17 de outubro de 2018

Resultados do I Censo Simultâneo de Aves de Rapina nos Campos Gerais do Paraná


* por: Willian Menq.
No dia 29 de setembro aconteceu o 1º Censo Simultâneo de Aves de Rapina no Paraná, organizado pelo Instituto Neotropical de Pesquisa e Conservação e site Aves de Rapina Brasil, com apoio do Parque das Aves, IAP/Parque Estadual do Guartelá e Museu de História Natural “Capão da Imbuia”.

O evento contou com a participação voluntária de seis equipes de ornitólogos e observadores de aves que buscaram pelos rapinantes em diferentes localidades dos campos gerais paranaenses, desde o município de Palmeira até Jaguariaíva.

O resultado do censo foi muito satisfatório, com vários avistamentos interessantes. Foram registrados quase 400 indivíduos de 28 espécies diferentes de rapinantes, o que representa 58 % do total ocorrente para o Estado do Paraná.

Dentre os registros, destaca-se o encontro de três indivíduos jovens de águia-cinzenta (Urubitinga coronata), realizado pela equipe presente no Parque Estadual do Guartelá, em Tibagi. A águia-cinzenta é uma espécie rara e ameaçada de extinção, tanto no âmbito regional quanto nacional, o registro é um ótimo indicador que a ave está se reproduzindo no Estado.

Outro encontro que merece destaque é o do gavião-de-penacho (Spizaetus ornatus), avistado em duas localidades diferentes: em Piraí do Sul e em Palmas. Trata-se de um rapinante florestal de grande porte, também raro e ameaçado de extinção, que conta com poucos avistamentos na região. Também chama atenção o alto número de avistamentos de urubu-rei (Sarcoramphus papa) no Parque Estadual do Guartelá, com 28 indivíduos contabilizados.

Cânion em Piraí do Sul, um dos locais da realização do Censo Simultâneo.
Jessica Menq procurando rapinantes nos campos de Piraí do Sul.
Além dos registros das aves, ressalta-se o excelente engajamento e colaboração dos ornitólogos e observadores de aves na busca pelas espécies alvo desta atividade.

De acordo com o ornitólogo Pedro Scherer Neto, idealizador do evento, a principal motivação para realização do censo simultâneo foi a necessidade de conhecer mais sobre a abundância e a riqueza das espécies de rapinantes na região dos campos gerais, especialmente ao longo da Escarpa Devoniana. A águia-cinzenta, por exemplo, conta com baixas densidades populacionais e pouco se sabe sobre ela no Estado, sendo os campos gerais um dos últimos refúgios da espécie no Paraná.

Jovem águia-serrana (Geranoaetus melanoleucus) sobrevoando os cânions de Piraí do Sul.

Gavião-bombachinha-grande (Accipiter bicolor) registrado por Alfieri Callegaro em Palmas.

Equipe de Piraí do Sul, da esquerda para direita: Julian Stocker, Willian Menq, Jessica Menq, Pedro Scherer Neto, Roberta Boss, Valdi P. Gonçalves, Adriano Travassos e Harisson Luís.
Pedro Scherer Neto, ornitólogo idealizador do evento, aguardando os rapinantes nos campos de Piraí do Sul.
Equipes participantes:

(1) Parque E. do Guartelá (Tibagi): Luís Macedo, Bruno H. Grolli, Tony B. Teixeira, Antenor Silva Júnior, Willians Mendonça, Cristian e Jorge Bitencourt;

(2) Cânions de Piraí do Sul: Pedro Scherer Neto, Willian Menq, Jessica Menq, Julian Stocker, Adriano Travassos, Valdi Paula Gonçalves, Roberta Lucia Boss e Harrisson Luís;

(3) Município de Jaguariaíva: Alessandro Carneiro, Luiz Carlos Pereira e Dolores Assuncion.

(4) RPPN Papagaios Velhos (Palmeira): Anderson Warkentin, Julia Mendes, Stefan Kreusch e Natalia Mendes;

(5) Parque E. de Vila Velha (Ponta Grossa): Romulo Silva, Bruna Alberti e Gabriel de La Torre;

(6) Município de Palmas: Dante Meller e Alfieri Callegaro;

Espécies registradas pelas equipes do censo.

Espécie
Nome comum
1
2
3
4
5
6
Rupornis magnirostris
Gavião-carijó
X
X
X
X
X
X
Buteo brachyurus
Gavião-de-cauda-curta
X
X
X

X

Geranoaetus albicaudatus
Gavião-de-rabo-branco


X



Geranoaetus melanoleucus
Águia-serrana

X
X

X
X
Urubitinga coronata
Águia-cinzenta

X
X

X

Heterospizias meridionalis
Gavião-caboclo
X


X

X
Leptodon cayanensis
Gavião-de-cabeça-cinza
X




X
Elanoides forficatus
Gavião-tesoura


X
X


Elanus leucurus
Gavião-peneira


X
X
X

Harpagus diodon
Gavião-bombachinha




X

Circus buffoni
Gavião-do-banhado
X





Parabuteo leucorrhous
Gavião-de-sobre-branco





X
Accipiter striatus
Gavião-miúdo

X

X


Accipiter bicolor
Gavião-bombachinha-grande





X
Ictinia plumbea
Sovi


X

X

Geranospiza caerulescens
Gavião-pernilongo

X


X

Spizaetus ornatus
Gavião-de-penacho

X



X
Caracara plancus
Carcará
X
X
X
X
X
X
Milvago chimachima
Carrapateiro

X
X
X
X
X
Milvago chimango
Chimango

X



X
Falco sparverius
Quiriquiri
X
X

X
X
X
Falco femoralis
Falcão-de-coleira
X
X

X
X

Falco peregrinus
Falcão-peregrino




X

Sarcoramphus papa
Urubu-rei

X
X

X

Cathartes aura
Urubu-de-cabeça-vermelha
X
X
X
X
X
X
Athene cunicularia
Coruja-buraqueira
X
X


X

Tyto furcata
Suindara




X

Coragyps atratus
urubu
X
X
X
X
X
X

Gavião-pernilongo (Geranospizia caerulescens) registrado em Piraí do Sul.
Em nome de todos os participantes, agradecemos ao Parque das Aves e ao Instituto Ambiental do Paraná (IAP) através de seu diretor do Parque Estadual do Guartelá (Cristovam Sabino Queiroz), pelo importante apoio ao evento.

Ano que vem tem mais!!

2 comentários: