11 de março de 2016

Falcões prendem presas em rochas para comê-las mais tarde

Foto: Abdeljebbar Qninba (site New cientist)

*por Willian Menq.

Pesquisadores marroquinos relataram um comportamento intrigante vindo de falcões (falcão-da-rainha - Falco eleonorae) na ilha de Mogador. Os falcões pareciam estar prendendo pequenos pássaros entre as fendas das rochas, aparentemente como estratégia para mantê-las vivas e frescas para uma refeição futura.

Conforme relatado na revista New Scientist, o ornitólogo Abdeljebbar Qninba, da Universidade de Rabat, Marrocos, notou que os pássaros enroscados estavam com as penas das asas e da cauda removidas. O pesquisador reporta que esse “é um exemplo evidente de criação de animais por não humanos” e que os falcões deliberadamente armazenavam as aves como um meio de mantê-las vivas. Segundo ele, ainda é possível que esses falcões estejam dando uma oportunidade de caçar suas próprias presas aos filhotes e que esses pequenos pássaros fiquem em “cativeiro” por cerca de um dia ou dois.

No entanto, outros pesquisadores discordam. Para alguns deles, não existem provas suficientes de que esses pássaros estão sendo mantidos reféns pelos falcões. Para Rob Simmons, da Universidade da Cidade do Cabo, na África do Sul, essas aves de rapina não possuem capacidade cognitiva suficiente para armazenar esses pássaros dessa forma. “Eu acho que os pássaros possam estar apenas escapando e procurando refúgio”, afirmou.

Também concordo que não exista dados suficientes para fazer qualquer afirmação. Por outro lado discordo do comentário de Rob Simmons, acredito que os rapinantes tenham sim competência cognitiva suficiente para tal comportamento. Outras espécies de aves, como o picanço (da família Laniidae) por exemplo, tem um comportamento parecido. A ave costuma empalar suas presas vivas em espinhos ou arame farpado para comê-las mais tarde.

Um comentário:

  1. Seja qual for o motivo, o comportamento é bastante curioso e interessante, principalmente o do Picanço, que chega a ser macabro.

    ResponderExcluir