13 de março de 2016

Por que algumas águias brasileiras são chamadas de gaviões?

*por Willian Menq.

As espécies do gênero
Spizaetus são um tipo especial de águias florestais, chamadas no inglês de “Hawk-eagles”, algo equivalente a “águias-açores”. A Harpia harpyja (gavião-real) e o Morphnus guianensis (uiraçu), também pertencem a um subgrupo especial de águias chamado “Harpy-eagles”, grupo na qual está incluida a Harpyopsis novaeguineae (harpia-da-nova-guiné) e a Pithecophaga jefferyi (águia-filipina).

Spizetus ornatus, poderosa águia florestal, denominada de "gavião" no Brasil.
Porém, essas águias são chamadas de “gaviões” em nossa língua. Assim, acabamos considerando o pequeno Gampsonyx swainsonii e a poderosa Harpia harpyja como pertencente a um mesmo grupo, o que é errado. Essas generalizações ocorrem por questões culturais e pela falta de nominativos para a nossa língua. Enquanto que na língua inglesa e espanhola os nomes comuns e os vernáculos técnicos apresentam coerência com a classificação científica, apresentando vários nominativos para cada grupo de aves (ex. Hawks, Kites, Goshawks, Harriers), no Brasil possuímos poucos nominativos e a maioria sem nenhuma fundamentação científica.

Ficou curioso para saber o que define uma “águia”, acesso o link.

Quer saber mais sobre as águias brasileiras, leia este artigo,

Um comentário:

  1. Muito bom, Menq! No inglês os caras dão nomes quase que para cada gênero! Kite = Milvus, Elanus, Elanoides; Goshawks = Accipiter; Harrier = Circus, e por aí vai.

    ResponderExcluir